Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Os autores estão identificados com: nome completo, instituição de origem, formação acadêmica, e-mail e ID do ORCID.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • O texto está com a configuração de página de tamanho A4, margens de 2 cm em todos os lados com espaçamento entrelinhas de 1,5 pt; usa a fonte Times New Roman de tamanho 12; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos abaixo, em Diretrizes para Autores.
  • A revisão da língua portuguesa (ortografia e gramática) e da tradução dos títulos e resumos para o inglês e espanhol foram realizados por profissionais qualificados.
  • Onde disponível, os URLs para as referências foram fornecidos.

Diretrizes para Autores

A Revista Chronos Urgência (Rev. Chronos Urg.), vinculada ao Núcleo de Educação Permanente do SAMU 192 – Regional Fortaleza (NEP SAMUFor), é um periódico científico semestral em fluxo contínuo que visa contribuir para o fortalecimento das atividades destinadas ao atendimento de urgência e emergência, por meio do compartilhamento de evidências, práticas, reflexões, experiências e seus resultados, para o desenvolvimento dessa mesma área de conhecimento e para o melhor desempenho profissional no âmbito pré, intra e pós-hospitalar.

Enquanto revista científica, a Rev. Chronos Urg. segue um fluxo de submissão que envolve editores e avaliadores (ver aqui o Fluxograma das Atividades Editoriais). A avaliação das submissões é critério-referenciada e a Lista de Checagem para a Avaliação de Artigos está disponível para os autores clicando aqui.

Os artigos são recebidos em fluxo contínuo, isto é, recebemos textos em qualquer período do ano. A publicação dos artigos acontece no site da revista, exclusivamente em formato PDF.

Do ineditismo do material

O conteúdo dos artigos enviados para publicação não pode ter sido publicado anteriormente ou encaminhado simultaneamente a outro periódico. 

Da autoria

O número máximo de autores do manuscrito está limitado a seis (06). 

As pessoas designadas como autores devem ter participado na elaboração dos artigos de modo que possam assumir publicamente a responsabilidade pelo seu conteúdo. A qualificação como autor deve basear-se nas deliberações do International Committee of Medical Journal Editors (http://www.icmje.org) que orienta os seguintes aspectos a serem considerados na contribuição substancial para o reconhecimento da autoria:  1. Concepção e delineamento do trabalho; 2. Obtenção, análise e interpretação dos dados; 3. Participação da discussão dos resultados; 4. Redação do manuscrito e revisão crítica do seu conteúdo; 5. Aprovação da versão final do manuscrito.

Da submissão

A submissão é composta de quatro passos:

  • Passo 1: Início
    • Escolher a Seção da Revista (Editorial, Artigo Original, Revisões, Artigo de Reflexão, Relatos de Experiência ou Resenha);
    • Escolher a Categoria (Área Temática / Eixo);
    • Confirmar todos os requisitos para envio do manuscrito;
    • Fornecer comentários para o editor (opcional); e
    • Ler e aceitar a Declaração de Direitos Autorais da Revista.
  • Passo 2: Transferência do Manuscrito
  • Passo 3: Inserir Metadados
    • Insira o Título;
    • Insira o Subtítulo (se houver);
    • Insira o Resumo em Português;
    • Insira os Coautores (até mais 5 pesquisadores). Todos deverão estar identificados com: nome completo, instituição de origem, formação acadêmica, e-mail e ID do ORCID;
    • Insira os Descritores; e
    • Insira as Palavras-chave.
  • Passo 4: Confirmação
    • Você pode voltar e editar as informações fornecidas em qualquer passo anterior; e
    • Clique em Finalizar Submissão quando tudo estiver pronto.

Importante!

A Revista não cobra taxas de submissão e publicação. Contudo, o processo de revisão da língua portuguesa e tradução dos títulos e resumos para o inglês e espanhol serão financiados pelos autores

Dos prazos

  • Período de submissões: fluxo contínuo.
  • Prazo de pré-avaliação editorial: até 7 dias.
  • Prazo de avaliação pelos pareceristas: até quatro semanas.
  • Prazo para alterações no artigo após as considerações dos avaliadores e ressubmissão: 15 a 21 dias corridos.
  • Prazo de reavaliação pelos pareceristas: até 7 dias.
  • Prazo para confirmar a intenção de publicação após o recebimento da Carta de Aprovação final: 72 horas.
  • Prazo de Edição de Texto: até 7 dias.
  • Prazo para correções após a Edição de Texto: 24 horas.
  • Prazo de Edição de Layout: até 7 dias.
  • Prazo para aprovação da versão final do artigo, após a Edição de Layout: 24 horas.
  • Publicação da versao final do artigo: até 48 horas.

Prazo total esperado, da submissão à publicação: cerca de 12 semanas.

FORMA E PREPARO DOS MANUSCRITOS

Diretrizes para apresentação de texto

Os textos dos artigos devem se apresentar de acordo com as diretrizes da Equator Network, de acordo com o tipo de estudo realizado:

  • Para todos os tipos de estudos, use a diretriz Revised Standards for Quality Improvement Reporting Excellence (SQUIRE 2.0 – checklist).
  • Para ensaios clínicos randomizados, use o seguinte CONSORT (checklist e fluxograma).
  • Para revisões sistemáticas e meta-análises, siga a diretriz PRISMA (checklist e fluxograma).
  • Para estudos observacionais em epidemiologia, siga a diretriz STROBE (checklist).
  • Para estudos qualitativos, siga a diretriz do COREQ (checklist).

Introdução: o objetivo da introdução é apresentar o contexto da pesquisa, a fundamentação teórica sobre o tema de estudo (últimos 5 anos) e demonstrar a originalidade e validade, finalidade e aplicabilidade da contribuição para o conhecimento científico. O objetivo deve ser colocado ao final e cada objetivo deve ser abordado na seção Conclusão / Considerações Finais.

Métodos: descreve como a pesquisa foi desenvolvida, tipo ou delineamento do estudo, população (estimando critérios de seleção), cálculo do tamanho da amostra ou número de participantes, instrumento de coleta de dados (com informações sobre validade e precisão), processo de coleta de dados e análise de dados. Em estudos qualitativos, explicitar o referencial ou quadro conceitual utilizado para a análise. No caso de pesquisas envolvendo seres humanos, os autores devem declarar que a pesquisa foi aprovada por um Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), sem fornecer no texto o seu número de aprovação.

Resultados: descrição do que foi encontrado na pesquisa, sem citações ou comentários ou interpretações pessoais (subjetivas).

Discussão:  a escrita tem que seguir um estilo crítico cuja essência é a busca da interpretação dos resultados encontrados e sua relação com o conhecimento prévio (concordâncias e divergências), a fim de chegar a uma conclusão. Finalizar explicando as limitações do estudo, segundo o método escolhido e a contribuição  (aspectos novos e importantes) e aplicabilidade do mesmo. 

Conclusão / Considerações Finais: deve ser escrito de forma clara, simples e direta, demonstrando o cumprimento dos objetivos propostos, restringindo-se aos dados encontrados e sem mais citações.

Preparação de Manuscritos

Formato

O arquivo contendo o manuscrito deve ser elaborado no Editor de Textos Microsoft Word, OpenOffice ou RTF com a seguinte configuração de página: papel tamanho A4, margens de 2 cm em todos os lados com espaçamento entrelinhas de 1,5 pt; usar a fonte Times New Roman de tamanho 12; parágrafos alinhados com 1 cm; empregar itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto e não como anexos no final do documento.

Estrutura

  1. A ordem dos elementos que compõem o corpo do manuscrito deve obedecer ao seguinte padrão: a) título e subtítulo (se houver) em português, inglês e espanhol; b) resumo, palavras-chave e descritores; c) abstract, keywords descriptors; d) resumen, palabras clavedescriptores; e) texto (conforme diretrizes da Equator Network acima mencionadas); e f) referências. A confecção dos títulos e resumos em inglês e espanhol são de responsabilidade dos autores. 
    • Título do artigo com no máximo 15 palavras em cada idioma (Português, Inglês e Espanhol). Devem ser evitadas abreviações no título. 
    • Resumo deverá conter 200 palavras em cada idioma e ser estruturado: objetivo da pesquisa, metodologia adotada, principais resultados e as conclusões. Devem ser evitadas abreviações no resumo. Deverão ser destacados os novos e mais importantes aspectos do estudo. A confecção dos resumos em inglês e espanhol são de responsabilidade dos autores. Porém, podem ser revistos e solicitadas modificações a partir do parecer do Conselho Editorial da Revista Chronos Urgência. Não são necessários resumos nos Editoriais e Resenhas.
    • Palavras-chave: palavras que, totalmente relacionados com o problema de pesquisa e/ou referencial teórico e/ou métodos, comuniquem os concitos centrais do estudo.
    • Descritores: incluir 3 a 5 descritores segundo o índice dos Descritores em Ciências da Saúde - DeCS (http://decs.bvs.br), separados entre si por ponto-e-vírgula.
    • O texto não deve incluir qualquer informação que permita a identificação de autoria, como o número de aprovação no Comitê de Ética em Pesquisa (CEP), bem como informações de autoria nos metadados do próprio arquivo de texto;
      • Às tabelas e quadros deve-se atribuir um título breve. Notas explicativas podem ser colocadas abaixo da tabela/quadro. Se houver tabela extraída de outro trabalho, previamente publicado, os autores devem fazer a citação do autor e revista; devem ser elaboradas para reprodução direta pelo Editor de Layout, sem cores, inseridas no texto, com a primeira letra da legenda em maiúscula descrita na parte superior, numeradas consecutivamente com algarismos arábicos na ordem em que foram citadas no texto. Conteúdo em fonte Times New Roman de tamanho 12 com a primeira letra em maiúscula, apresentadas em tamanho A4, margens de 2 cm em todos os lados com espaçamento entrelinhas de 1,5 pt.
      • As ilustrações (fotografias, desenhos, gráficos, etc.) devem ser citadas como figuras. Devem ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos, na ordem em que foram citadas no texto; as ilustrações devem ser suficientemente claras para permitir sua reprodução, utilize escala de cinza e outros recursos para impressão em preto e branco. Não se permite que figuras representem os mesmos dados de Tabela. Nas legendas das figuras, os símbolos, setas, números, letras e outros sinais devem ser identificados e seu significado esclarecido. Se houver figura extraída de outro trabalho, previamente publicado, os autores devem fazer a citação do autor e revista.
      • A quantidade de Tabelas e Figuras não deve ser superior a 5, cada uma.
      • Os termos por extenso aos quais as abreviações correspondem devem preceder sua primeira utilização no texto, a menos que sejam unidades de medidas padronizadas.
      • Citação de Referência: numerar apenas as referências utilizadas no manuscrito, de forma consecutiva de acordo com a ordem em que forem mencionadas pela primeira vez no texto. Identificar as referências no texto por números arábicos sobrescritos e antes da pontuação necessária, sem a identificação do autor e ano, sem uso de parênteses e sem espaço após a palavra que a antecede (exemplo13). Quando se tratar de citação sequencial, separe os números por traço (exemplo3-6); quando intercalados, use vírgula (exemplo1,3,5). Quando a citação for direta, deve acrescer o número da página entre parênteses após a referência sobrescrita, como texto normal (exemplo6 (p. 54)). Deve-se evitar a inclusão de número excessivo de referências numa mesma citação. 
      • NÃO USAR rodapé, notas ou espaçamento entre parágrafos.
  2. Os dados de todos os autores deverão ser informados apenas nos campos específicos do formulário de submissão (Passo 3 – Inclusão de Metadados).
  3. Para garantir o estado da arte no tema, os autores devem citar em seu referencial teórico um número mínimo, mas suficiente, de referências recentes (até 10 anos), extraídas de revistas científicas nacionais e/ou internacionais.

Referências

Orienta-se incluir apenas aquelas estritamente pertinentes e relevantes à problemática abordada. A quantidade máxima de referências varia conforme as Categorias de Submissão, citadas a seguir. Os autores são os responsáveis pela exatidão das referências.

      I. As referências seguem o estilo Vancouver, tendo como base as normas adotadas pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas (estilo Vancouver), publicadas no ICMJE - Uniform Requirements for Manuscripts Submitted to Biomedical Journals (http://www.icmje.org/index.html).
     II. Os títulos de periódicos devem ser referidos abreviados, de acordo com o Index Medicus: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/sites/entrez?db=journals.
    III. Para abreviatura dos títulos de periódicos nacionais e latino-americanos, consultar o site: http://portal.revistas.bvs.br eliminando os pontos da abreviatura, com exceção do último ponto para separar do ano.
    IV. As referências devem ser numeradas consecutivamente, conforme a ordem que foram mencionadas pela primeira vez no texto.

CATEGORIAS DE SUBMISSÃO

A Revista Chronos Urgência publica editoriais, artigos originais, revisões integrativas e sistemáticas, reflexão e relatos de experiência ou de caso e resenhas. A apresentação dos manuscritos deve obedecer às regras de formatação definidas a seguir:

Editorial

Texto de responsabilidade do Editor-chefe da Revista, de sua Comissão Editorial ou de profissionais por ele convidados.

Artigo Original

Contribuições destinadas a divulgar resultados de pesquisa original e inédita, com possibilidade de replicação. Devem atender aos princípios da objetividade e clareza de objetivos, hipóteses e questão norteadora e obedecer à seguinte estrutura textual: introdução, método, resultados, discussão, conclusão ou considerações finais. Limitados a 15 páginas (incluindo materiais gráficos, quadros, tabelas e gráficos), exceto referências (no máximo 25).

Revisões

Artigos de revisão integrativa ou de revisão de escopo: pesquisa que apresenta a síntese de múltiplos estudos publicados e possibilita conclusões gerais a respeito de uma particular área de conhecimento, realizado de maneira sistemática e ordenada que contribua para o aprofundamento do conhecimento do tema investigado. É necessário seguir padrões de rigor metodológico, clareza na apresentação dos resultados, de forma que o leitor consiga identificar as características reais dos estudos incluídos na revisão. Etapas da revisão integrativa: identificação do tema e seleção da hipótese ou questão de pesquisa para a elaboração do estudo, estabelecimento de critérios para inclusão e exclusão de estudos/amostragens, ou busca na literatura, definição das informações a serem extraídas dos estudos selecionados/categorização dos estudos, avaliação dos estudos incluídos na revisão, interpretação dos resultados, apresentação da revisão/síntese do conhecimento. Limitados a 15 páginas (incluindo materiais gráficos, quadros, tabelas e gráficos) e não possuem limite de referências.

Artigos de revisão sistemática: pesquisa conduzida por meio da síntese de resultados de estudos originais que têm por objetivo responder a uma questão específica e de relevância para a saúde. A revisão sistemática poderá se caracterizar em meta-análise e/ou metassíntese, dependendo do tipo de abordagem metodológica do manuscrito e do objetivo do estudo. Os procedimentos metodológicos deverão ser detalhados em todas as etapas preconizadas pelo referencial primário adotado (por exemplo PRISMA). Limitados a 15 páginas (incluindo materiais gráficos, quadros, tabelas e gráficos) e não possuem limite de referências.

Artigo de Reflexão

Formulações discursivas, com fundamentação teórica, histórica e filosófica sobre o estado da arte em que se encontra determinado assunto. Devem apresentar a argumentação e interpretação do(s) autor(es) do artigo frente ao pensamento debatido. São limitados a 15 páginas (incluindo materiais gráficos, quadros, tabelas, gráficos e referências) e devem conter no máximo de 25 referências.

Relatos de Experiência

Ou Relato de Casos, são contribuições descritivas e contextualizadas a partir de um caso, experiência ou inovação, podendo ser na área do cuidado, do ensino ou da pesquisa. Tratando-se de relato de caso clínico, é obrigatório enviar o parecer de aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos como documento suplementar. São limitados a 15 páginas (incluindo materiais gráficos, quadros, tabelas, gráficos e referências) e devem conter no máximo de 25 referências.

Resenha

Aceitam-se resenhas de obras clássicas e contemporâneas, bem como teses de doutoramento. A resenha deverá conter no máximo 4 páginas e deverá vir com o título (negrito e caixa baixa) em português, inglês e espanhol e a referência do livro resenhado. Deve apresentar uma descrição do conteúdo da obra, elucidando para o leitor os principais pressupostos e fundamentos teórico-metodológicos da mesma, bem como possíveis críticas ao enfoque sustentado pelo autor.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.