Política de Retratação

A Revista Chronos Urgência apoia e segue o Código de Conduta e Diretrizes de Melhores Práticas para Editores de Revistas recomendado pelo Committee On Publication Ethics (COPE). Sua referência de integridade e ética em publicações científicas inclui recomendações sobre o processo editorial como um todo, bem como critérios de seleção e publicação que estão disponíveis em https://publicationethics.org/files/Code_of_conduct_for_journal_editors_Mar11.pdf

Dessa forma, além de garantir a integridade em todas as etapas do processo editorial, assumimos a responsabilidade pela publicação de correções, esclarecimentos, retratações ou quaisquer outros que se façam necessários para a integridade e ética de nossas publicações. Para isso, a Revista Chronos Urgência utiliza o CrossMark, uma iniciativa multi-editora da Crossref, que fornece uma maneira padrão para os leitores localizarem a versão atual de um conteúdo atualizado por meio de um botão com o logotipo CrossMark adicionado aos metadados do artigo (no seu resumo), que fica visível na sua página na revista e no arquivo .pdf do mesmo.

Ao aplicar o logotipo do CrossMark, na forma de um botão clicável, fornecemos um meio de alertar aos leitores sobre as alterações significativas em nossas publicações, sejam atualizações, correções ou retiradas de conteúdo, além de prover acesso a metadados adicionais valiosos como datas de publicação importantes (submissão, revisão, aceitação), IDs de ORCID dos autores, tipo de conteúdo, plágio, status de triagem e informações sobre financiamento, licença, revisão por pares e localização de dados de pesquisa.

Para efeitos de CrossMark, pequenas alterações como correção de formatação e ortografia para as quais não há mudanças substantivas dignas de alerta, o status da CrossMark será atual (na cor verde).  Em alterações significativas que afetem o status da CrossMark do artigo, assumimos, como boa prática, publicar um aviso de correção na forma de um novo documento (com seu próprio DOI), que registra a correção do erro ou o motivo da errata ou da retratação do artigo, fazendo sempre referência ao original e permitindo que os leitores sigam o link no botão CrossMark para encontrar mais detalhes sobre a atualização.

No caso de errata, a Revista Chronos Urgência mantém o documento original e ao final do texto registra-se a correção fazendo referência ao documento que publicou o erratum. Quando se trata das retratações, o documento original é substituído por uma mensagem dizendo que ele foi retratado fazendo referência ao documento da retratação.

Suspeitas de má conduta

Em casos que envolvam suspeitas de má conduta, haverá uma investigação por parte do periódico com vistas a zelar pelo alto padrão de rigor científico e ético, com o escopo de que todas as dúvidas sejam dirimidas da melhor maneira possível.

Caso haja alguma denúncia ou observação de má conduta cometida por qualquer parte dos envolvidos durante o processo editorial, iremos paralisar o referido processo para a devida investigação, mediante aviso prévio a todos os envolvidos. O processo de avaliação deverá somente será continuado se não for comprovada a má conduta.

No caso de constatação de má conduta por parte de autores, o artigo será retirado do processo de avaliação, inclusive podendo o periódico, ante decisão do corpo editorial, recusar-se a receber futuras submissões do(s) autor(es). Quando a má conduta for efetivada por um ou mais dos editores este(s) será/serão afastado(s) das suas atribuições no periódico. E se a má conduta for praticada por parecerista ou consultor ad-hoc, este não prestará novas contribuições para o periódico, sendo desativada sua função de avaliador.

 Se o caso de má conduta for identificado após a publicação de um artigo, pode ocorrer de este precisar ser atualizado com dados complementares, com correções, com retratações ou com sua retirada integral. 

Informação e armazenamento dos dados de pesquisa 

Importa destacar que a Revista Chronos Urgência encoraja os seus autores a compartilhar todos os dados no manuscrito, publicando-os, quando disponível e autorizado, na integra, seguindo a mesma política de retratação mencionada se for o caso. Para garantir total transparência dos dados obtidos, a Revista Chronos Urgência exige que o(s) autor(es) declare(m) que, para dados não disponibilizados ou depositados em repositórios públicos, estes deverão estar disponíveis mediante solicitação.

OBS: Nas publicações da Revista Chronos Urgência, por enquanto, ainda não se fez necessário quaisquer correções, retratação ou retiradas desde a implantação do CrossMark, em novembro de 2021.


Botão na página | 

CrossMark

Botão no artigo |

 CrossMark