Edições anteriores

  • v. 1 n. 1 (2021): Vidas e Tempos (fluxo contínuo)

    Vidas e Tempos (fluxo contínuo)
    v. 1 n. 1 (2021)

    Este é o primeiro número da Revista Chronos Urgência. Com o tema "Vidas e Tempos" esperamos fornecer ao leitor referências sobre o "tempo na vida" e sobre a "vida no tempo", com foco nas urgências e emergências.

    A vida, em seu contínuo processo autopoiético, nos solicita uma constante capacidade adaptativa e criativa para manter a sua organização. São contínuas as situações em que urgem ações capazes de conservá-la, permitindo sua emergência a cada instante. Urgência e emergência como fundamentos capazes de conservar a vida, a tempo para manter o seu devir, no tempo, são os fundamentos da Revista Chronos Urgência.

    Esperamos histórias ainda não contadas, narrativas, experiências e resultados que possam contribuir, cada vez mais, com a qualidade da atuação de profissionais e pessoas que se dedicam à vida de outras.

    Em fluxo contínuo, os artigos serão publicados à medida que forem aprovados pela Equipe Editorial. Retorne para ver as novidades ou faça o seu cadastro como leitor para ser avisado de novas publicações.

    Gratidão é a palavra que nos representa nesse momento!

  • v. 2 n. 1 (2022): Retratos do APH no Brasil: cenário, desafios, oportunidades e inovações (Edição Temática)

    Retratos do APH no Brasil: cenário, desafios, oportunidades e inovações (Edição Temática)
    v. 2 n. 1 (2022)

    A Revista Chronos Urgência foi concebida para oportunizar a socialização do debate e, associado à riqueza das experiências no cotidiano do trabalho, a produção de conhecimento no campo das urgências. Há muito se discute esse campo enquanto observatório privilegiado do sistema de saúde, onde as necessidades identificadas em todos os pontos da rede de atenção à saúde se expressam de modo contundente.

    Muitas foram as produções e avanços nesse campo, desde o início dos movimentos de formulação de políticas e regulamentações, principalmente no Atendimento Pré-hospitalar (APH), e muitos são os desafios e inquietações que ainda existem, na perspectiva de seguir no aprofundamento e qualificação das práticas nessa área.

    Incluindo no conceito de APH todos os serviços, públicos ou privados, civis ou militares, que atendem em quaisquer ambientes, seja terrestre, aquático ou aéreo, vemos que o impacto da pandemia de COVID-19 fez surgir novos cenários e desafios, criando necessidades e demandas, e oportunidades e inovações, que moldaram novas práticas.

    Nesse sentido, a Revista Chronos Urgência convida a comunidade científica nacional a submeter manuscritos em português para o seu primeiro número temático. Esse número pretende divulgar conhecimento sobre o tema “Retratos do APH no Brasil: cenário, desafios, oportunidades e inovações”.

    Em cenário esperamos estudos de caracterização sobre o que, quanto, como e quando se está atendendo, seja na intervenção seja na regulação médica das urgências. Em desafios, exploramos estudos de análise sobre modelos assistenciais, gestão de pessoas, regulação das urgências, sistemas informatizados e vários aspectos da política publica.

    Em oportunidade, qualidade do que é oportuno, constatamos o tempo atual com um leque de acontecimentos oportunos capazes de trazer benefícios e melhorar o estado atual da saúde no país, seja na atenção, na educação ou na gestão dos serviços. E, enfim, em inovações esperamos por estudos de geração, desenvolvimento e implementação de novas ideias, englobando práticas transformadoras, processos de mudança e incorporações de tecnologias (produtos ou processos) de diferentes áreas da urgência.

    Em fluxo contínuo, os artigos serão publicados à medida que forem aprovados pela Equipe Editorial. Retorne para ver as novidades ou faça o seu cadastro como leitor para ser avisado de novas publicações.